[Resenha] O Velho e o Mar – Ernest Hemingway (3/10)

Título: O Velho e o Mar
Título original: The old man and the sea
Autor: Ernest Hemingway
Editora: Bertrand Brasil
Edição: 80ª
Ano de publicação: 2013
Número de páginas: 126
ISBN: 9788528617986

 

o-velho-e-o-mar.

Sinopse: Best-seller em todo o mundo e também no Brasil, “O Velho e o Mar” conta a história de um pescador que, depois de 84 dias sem apanhar um só peixe, acaba fisgando um de tamanho descomunal, que lhe oferece inusitada resistências e contra cuja força tem de opor a de seus braços, a de seu corpo, e, mais do que tudo, a de seu espírito.
Um homem só, no mar alto, com seus sonhos e pensamentos, suas fundas tristezas e ingênuas alegrias, amando com certa ternura o peixe com que trava ingente luta até levá-lo a uma derrota leal e honesta.
Uma obra-prima da literatura contemporânea, dotada de profunda mensagem de fé no homem e em sua capacidade de superar as limitações a que a vida o submete.

 .

Esta resenha faz parte do Mãe, Tô de Férias – O Desafio. Clique aqui para saber mais.

.

Resenhar um clássico da literatura como O Velho e o Mar, de Ernest Hemingway, é uma grande responsabilidade. O escritor, vencedor do prêmio Pullitzer, em 1953, e do Nobel de literatura, em 1954, legou-nos diversos trabalhos que deveriam ser leituras obrigatórias para a nossa vida. Obrigatória não no sentido de ser algo imposto por alguém, mas como algo vital. Acredito realmente que todo leitor deveria ler Ernest Hemingway.

.

o-velho-e-o-mar (1)

.

O Velho e o Mar trata-se de um pescador chamado Santiago que fica exatamente 84 dias sem conseguir pescar um peixe sequer. Nos primeiros 40 dias, Santiago levara em sua companhia um garoto para auxiliá-lo. No entanto, os pais do menino puseram o filho em outro barco pois estavam convencidos de que Santiago era azarado. O garoto, chamado Manolin, considerava Santiago como seu melhor amigo, uma espécie de mentor já que fora com ele que aprendera tudo sobre pescaria. O velho pescador era magro, seco e muito pobre. Manolin ficava muito triste quando via o velho regressar todos os dias com a embarcação vazia e acabava sempre o ajudando com os artefatos de pesca até chegar à cabana do velho. Apesar dessa “maré de azar”, Santiago acredita em si mesmo e parte sozinho, no dia seguinte, para o alto mar, com a certeza de que, dessa vez, será bem sucedido.

Esta é a história do romance: um homem na solidão do mar, com seus sonhos e pensamentos, com suas tristezas e pequenas alegrias, com sua esperança e confiança na vida. Hemingway permite ao leitor compreender esse mundo de sentimentos desse simples pescador, que acaba fisgando um peixe de tamanho descomunal e precisa lutar para capturá-lo.

O importante aqui, não são os acontecimentos em si, mas a maravilhosa forma encontrada pelo escritor para narrar esse embate do homem com o peixe. Hemingway foi laureado com o Nobel de Literatura por esse livro e suas contribuições para a literatura contemporânea.

.

mauricio-tatoo

.

Eu li essa edição lindíssima da Bertrand Brasil, que é do Grupo Record. As ilustrações de C.F. Tunnicliffe e Raymond Sheppard acrescentam um tom melancólico e solitário à narrativa. Creio que combina e muito com os pensamentos do velho Santiago. No entanto, algumas imagens nos permite enxergar a ternura que o mesmo personagem sente pelo peixe, motivo de sua luta e sabedoria para aceitar as vitórias e as derrotas da vida com a mesma força presença de espírito.

.

velho e o mar

.

 O Velho e o Mar: um romance cuja essência da história é a luta constante do homem contra a natureza, com o destaque para a importância da experiência e da perseverança. Um livro excelente.

.

.

assinatura ana karina

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s