Charlote Brontë e seu romance “Jane Eyre”

Charlote Brontë

Charlotte Brontë foi uma escritora e poeta inglesa.Nasceu em Thornton, Yorkshire, em 1816, filha de um pastor anglicano de origem irlandesa. Em 1820, a família mudou-se para Haworth e foi educada no colégio de Cowan Bridge, rigorosa instituição vitoriana cujos métodos desumanos de disciplina denunciou em Jane Eyre (1847), o mais célebre de seus quatro romances. Após transferir-se para uma escola de Roe Head, perto de Huddersfield (1831), construiu uma grande amizade com Ellen Nussey, com a qual se correspondeu até a morte. Morou, de 1842 a 1843, em um pensionato em Bruxelas, onde estudou francês e alemão. Voltou a Haworth e, com as irmãs Emily e Anne, publicou o volume Poems by Currer, Ellis and Acton Bell (1846). O lançamento de Jane Eyre (1847), com um enredo melodramático garantiu-lhe sucesso imediato. Depois publicou Shirley (1849), notável por sua descrição da vida em Yorkshire. S eu último romance em vida foi Villette (1853), que, narrado na primeira pessoa, rememorava as suas experiências em Bruxelas.

Em junho de 1854, Charlotte casou-se com Arthur Bell Nicholls. Ficou grávida pouco depois do casamento e a sua saúde começou a piorar. Charlotte morreu, juntamente com o filho que esperava, no dia 31 de Março de 1855, com trinta-e-oito anos de idade. A sua certidão de óbito diz que a causa de morte foi tuberculose, mas muitos biógrafos defendem que a escritora pode ter morrido de desidratação e subnutrição provocados pelos vômitos excessivos de que sofria. Também existem provas de que Charlotte pode ter morrido de febre tifóide que teria contraído da criada mais antiga da família, que morreu pouco tempo antes dela.

Postumamente foi publicado outro seu grande sucesso, o romance The Professor (1857), que teria sido recusado pelo editor (1847) em virtude, segundo a autora, do tratamento discriminatório que as mulheres recebiam por parte da crítica.

Jane Eyre

Jane Eyre, publicado em 1847, é um clássico da literatura mundial. Muitos estudiosos da obra consideram o romance à frente de seu tempo, influente e feminista, pois a protagonista é uma personagem extremamente forte e independente para a sua época.

A história começa com Jane Eyre, aos 10 anos de idade, morando com a família de seu tio, os Reed. Sua tia, Sarah Reed, não gosta dela e a trata como criada, e, junto com seus filhos, a maltratam, não só emocionalmente, mas fisicamente também. Para o bem de todos, Jane é mandada para um internato de garotas com a acusação de ser traiçoeira. Lá, também sofre opressão e maus tratos.

Devido às más condições desse local, muitas garotas morriam de tífo – o que acontece com uma amiga, que morre em seus braços. Apesar de tudo, Jane recebe uma boa educação.

Ao se formar, decide partir e arruma um emprego em um castelo isolado, o Thornfield Hall onde coisas estranhas como barulhos, risadas misteriosas e até mesmo incêndios acontecem. Lá ela começa como governanta de Adèle Varens, uma jovem francesa, pupila do proprietário de Thornfield Hall, o sr. Rochester. Jane começa a passar muito tempo com Rochester; eles desenvolvem uma grande amizade e afeto um pelo outro. Ela começa a perceber que está se apaixonando pelo sr. Rochester. Mais tarde, descobrimos que o Mr. Rochester esconde um segredo que impede os dois de ficarem juntos…

A história de Jane Eyre é lindíssima. Essa obra foi considerada revolucionária para o contexto literário e social da época – é um marco na literatura inglesa e inspira o movimento feminista na literatura – e já foi adaptada inúmeras vezes para as telas.

Pesquisei sobre releituras da obra e vi que a BBC exibiu algumas vezes Jane Eyre em forma de minisséries. A última versão foi exibida em 2006 e alguns capítulos estão disponíveis no youtube, mas somente em inglês ou espanhol. Quem achar interessante adquirir, eu encontrei no site da Livraria Cultura por R$ 49,90.

minissérie exibida em 2006 pela BBC

Existe também uma versão cinematográfica lançada no início de 2011, com a Mia Wasikowska (Alice No País das Maravilhas, do Tim Burton) e com o Michael Fassbender (X-men: Primeira Classe) como Jane e Mr. Rochester.

adaptação para o cinema (2011)

Jane Eyre interpretada por Mia Wasikowska

Mia Wasikowska e Michael Fassbender como Jane e Mr. Rochester.

Espero que gostem da leitura ou da sessão pipoca! 🙂

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s